CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Seleção masculina de Handebol estreia nos Jogos Sul-Americanos contra o Peru

Alimentação, hidratação e rodízio são armas da equipe para enfrentar a altitude da Bolívia

Da Redação, Santo André (SP) - Depois de três dias de treinamento em São Bernardo do Campo, São Paulo, a seleção masculina de Handebol inicia neste sábado (2) a busca pelo título dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, na Bolívia, de olho em dois adversários: o Peru e a altitude.

O time estreia contra os peruanos, às 17h (de Brasília), no Coliseo Municipal Curubamba.

Toda a comissão técnica está atenta também aos possíveis efeitos que a altitude possa provocar nos jogadores. Cochabamba está a cerca de 2.500 m acima do nível do mar.

"Vamos adotar algumas medidas para tentar minimizar o problema, como controlar bem a alimentação e a ingestão de água. O rodízio de atletas também será fundamental", diz o técnico Washington Nunes.

Na Bolívia, o grupo da seleção ganhará o reforço de Alexandro Pozzer e José Guilherme de Toledo, que não participaram da fase de treinamentos em São Paulo porque tinham compromissos com seus clubes na Europa.

O time nacional está no Grupo A ao lado de chilenos e dos donos da casa.

Para Nunes, o principal rival na primeira fase será o Chile que, ao lado de Argentina e Brasil, são favoritos a chegar à disputa do título. As três equipes formaram o pódio do último Pan de Handebol, em 2016: os brasileiros ficaram com o ouro, os chilenos com a prata, e os argentinos com o bronze.

"Serão três equipes brigando por duas vagas na final. As outras têm possibilidades menores de vencer", afirmou o treinador, destacando que a primeira meta é conseguir chegar à decisão e garantir uma das vagas distribuídas para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019, classificatórios para a Olimpíada de Tóquio.

"Depois iremos em busca do título", completa.

 

Grupos do torneio masculino

Grupo A: Brasil, Chile, Peru e Bolívia

Grupo B: Argentina, Uruguai e Venezuela

Jogos do Brasil:

 Dia 2

17h - Brasil x Peru

Dia 3

19h - Brasil x Bolívia

Dia 4

17h - Brasil x Chile

Dia 5

Semifinais

Dia 6

Final e terceiro lugar

 

Conheça os convocados:

Acácio Marques Moreira Filho (Central - Club Balonmano Ademar Leon)

Arthur Flosi Alexandre Peão (Ponta Esquerda - Pinheiros)

Cesar Augusto Oliveira de Almeida (Goleiro - BM Granollers)

Fábio Rocha Chiuffa (Ponta Direita - BM Ciudad de Logrono)

Felipe Borges Dutra Ribeiro (Ponta Esquerda - Sporting Lisboa)

Felipe Venâncio Santaela (Pivô - Pinheiros)

Henrique Selicani Teixeira (Central - Club Balonmano Huesca)

Leonardo Dutra Ferreira (Armador Esquerdo - BM Ciudad Encantada)

Leonardo Vial Tercariol (Goleiro - JS Cherbourg Manche)

Oswaldo Maestro S. dos S. Guimarães (Armador Direito - S. C. D. R. Anaitasuna de Pamplona)

Rogério Moraes Ferreira (Pivô - WC Vardar)

Rudolph Hackbarth (Ponta Direita - Pinheiros)

Thiago Alves Ponciano (Armador Esquerdo - BM Ciudad Encantada)

Thiagus Petrus Gonçalves dos Santos (Armador Esquerdo - Mol-Pick Szeged)

Alexandro Pozzer (Pivô - Dunkerque Handball Grand Littoral)

José Guilherme de Toledo (Armador Direito - Orlen Wisla Plock)

 

Comissão técnica:

Técnico: Washington Nunes Silva Junior

Auxiliar técnico: Hélio Lisboa Justino

Treinador de Goleiro: Diogo Castro

Fisioterapeuta: Gustavo Pereira Barbosa

Supervisor: Cássio dos Santos Marques

 

 

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol