CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Site Oficial
da Confederação
Brasileira de
Handebol

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

Buscar

CBHb no Facebook CBHb no Twitter CBHb no YouTube CBHb no Instagram

Alimentação é parte do treino: nutricionista da seleção adulta dá dicas ao time júnior do Brasil

Júlia Bargieri passou orientações para as jogadoras na primeira fase de treinos em São Bernardo do Campo (SP)

Júlia Bargieri, nutricionista da Seleção Adulta Feminina de Handebol

Da redação, Santo André (SP) - Não basta dedicar muitas horas aos treinos, à musculação e aos jogos, um atleta de alto rendimento precisa prestar atenção a todos os detalhes de sua rotina para atingir o auge. E a alimentação é um dos mais importantes.

Para mostrar às jogadoras da seleção júnior de handebol como a comida pode ser aliada de uma boa performance, a nutricionista do time adulto, Júlia Bargieri, fez uma visita ao Centro de Treinamento de Handebol, em São Bernardo do Campo (SP), onde as atletas realizaram a primeira etapa de treinos para o Pan-Americano da modalidade, em março.

A palestra faz parte do processo de aproximação das equipes de base com o time adulto, visando a criação de um conceito único de trabalho que norteie a formação das jogadoras de handebol no Brasil.

"Minha ida foi muito produtiva. É sempre muito satisfatório falar com as categorias de base, pois elas têm muita vontade e grande interesse no que eu falo. O fato de eu ser integrante da seleção adulta aumenta o interesse e a atenção das atletas por conta do sonho de chegarem lá", disse Júlia.

A nutricionista falou sobre a importância da alimentação como parte da saúde, da recuperação e da melhora no rendimento esportivo e buscou estimular as jovens jogadoras a começar uma mudança em seus hábitos alimentares.

"Quanto mais cedo entenderem que a alimentação tem que ser considerada parte do treinamento para se tornarem atletas de alto nível, melhor, por isso a importância de eu já ter contato com elas desde o juvenil", afirmou Júlia.

As atletas da categoria júnior têm cargas de treinos e de jogos menos intensas do que as do time adulto. Por isso, segundo a nutricionista, muitas vezes uma boa alimentação é suficiente para que elas tenham todas as suas necessidades supridas e nem precisem usar suplementos.

Depois da conversa com as atletas, Júlia deixou São Bernardo do Campo com a promessa de que irá acompanhá-las neste ano de competições importantes, como o Pan, em março, e o Mundial, em julho.

 

Patrocinador Oficial

Apoiador Oficial

Cola Oficial

Apoio

Links

CBHb Site Oficial da Confederação Brasileira de Handebol

GA Negócios do Esporte

Criação de sites PWI